Vinha

A Quinta do Monte Xisto situa-se na Região Demarcada do Douro, mais concretamente na sub-região do Douro Superior, em Vila Nova de Foz Côa, na margem esquerda do rio Douro. Tem uma área total de 40ha, sendo apenas 10 de vinha. Sempre foi claro na família que manter a biodiversidade do terroir era fundamental, tanto para a vinha como para a região. “Fazemos parte de um todo e é nesse todo que procuramos integrar o nosso projeto”. Neste sentido, optou-se pelo modo de produção biológico com princípios da agricultura biodinâmica.

E mãos à obra! Um verdadeiro monte de xisto a trabalhar para a plantação de vinha, que para sobreviver tem de lançar as suas raízes bem fundo no solo, procurando uma alimentação hídrica regular. Mas é precisamente esta luta pela vida que dá origem a um fruto com uma personalidade tão forte e única.

Mas e que tipo de plantação, que castas?

João Nicolau de Almeida foi pioneiro na implementação da vinha ao alto no Douro, bem como no estudo de castas da região. Optaram por este tipo de plantação, com várias exposições e altitudes, de forma a permitir o blend de zonas mais quentes e mais frescas. A seleção das castas foi baseada num conhecimento adquirido ao longo de vários anos, na diversidade, respeitando a cultura do Douro, e, no terroir especifico em causa, o Douro Superior. As castas tintas são: Touriga Nacional, Touriga Francesa, Tinto Cão, Tinta da Barca, Tinta Francisca, Souzão e Roriz; casta branca: Rabigato.