Vinho

É na vinha que se começa a fazer o vinho. “Acreditamos que quanto mais simples é o processo de vinificação, melhor se consegue traduzir a especificidade de um vinho, do seu terroir. Quanto menos se intervir neste processo, mais fiel será o resultado.” E assim é vinificado o vinho Quinta do Monte Xisto, em lagares de granito com pisa a pé seguido de um estágio de 18 meses em pipas de 600 litros. As castas presentes são a Touriga Nacional, a Touriga Francesa e o Souzão.

De aparência luminosa e brilhante, o seu nariz prenuncia franqueza projetando-nos para o universo da Quinta. Quanto mais nos envolvemos somos surpreendidos por novos aromas frutados e silvestres, suportados por uma estrutura elegante e equilibrada. Cheio de personalidade, termina de forma expressiva e reflexiva.

Provar um vinho é uma experiência cultural e social, mas acima de tudo pessoal, sendo determinante a nossa predisposição para viajarmos ao sabor dele.